13 de Julho de 2020

(67) 3521-0808


Home
Meio Ambiente Cidade Política Geral Poesias Economia Dr. Sérgio Luís Entretenimento Esporte
Fotos Vídeos Contato 103 Anos de Três Lagoas
×





25/11/2015

Juiz federal Fernão Pompêo de Camargo é destaque

Militar na Justiça é mais do que um trabalho, uma vocação, ou missão de vida. Para quem atua no intrincado mundo das leis, o Direito é uma profissão de fé. Representa a opção pelas luzes da razão contra as trevas da ignorância, a certeza de que o ser humano busca se afastar do estado primitivo e se encontrar como ente racional, em uma vida de respeito ao cidadão de ambos os sexos, com os direitos sociais, políticos e trabalhistas garantidos.

Um estado de Direito ideal foi uma conquista na qual o Brasil pode se orgulhar após cinco séculos, na eterna luta pelo aprimoramento da sociedade e o respeito ao cidadão de bem.

Nesta longa trajetória do Direito pátrio há nomes que sempre se destacaram, devido à bravura e convicção com as quais defendem seus ideais, entre eles o juiz Odilon de Oliveira, conhecido pelo seu corajoso trabalho na fronteira com o Paraguai no combate organizado, e atualmente o juiz Sérgio Moro, que faz um trabalho hercúleo na Operação Lava Jato. Quem também inspira confiança e respeito pela humildade e convicção com que defende a correta aplicação das leis é o juiz federal Fernão Pompeu de Camargo.  Árduo defensor do Direito, o juiz milita com diligência e empenho, aliando erudição e sensibilidade na busca pelo fino equilíbrio que delimita as raias da lei.

Atuando atualmente no Judiciário paulista, Camargo deixou excelentes lembranças de sua passagem por demais comarcas, com destaque especial para a atuação na Vara Federal do Município de Três Lagoas.

Durante cerca de 4 anos, praticou a magistratura com grande acerto, tornando-se  uma das molas a sustentar o Judiciário Federal no município, com dedicação e denodo exemplares. Camargo, contudo, sempre faz questão de dividir os méritos com demais colegas juízes e servidores do Judiciário, que segundo ele sempre se destacam pelo brilho com o qual exercem suas atividades.

No período em que esteve na cidade, Camargo auxiliou a coordenar boa parte da construção do edifício sede, que ficou patenteado como uma das grandes conquistas de Três Lagoas, por abrigar uma vara federal, garantia da aplicação justa, rápida e regional do Direito.

A diligência do trabalho de Camargo não ficou despercebida, e em 2012, para orgulho de nossa cidade, o juiz Camargo foi agraciado com o título de cidadão três-lagoense pela Câmara de Vereadores de Três Lagoas, mediante indicação do vereador Nuno Viana. Emocionado, o juiz agradeceu a indicação. “Deixo meus agradecimentos a todos que sempre me apoiaram, começando pelos dedicados servidores do Judiciário, mas também a Câmara de Vereadores, a Prefeitura e a imprensa que me receberam de braços abertos”, afirmou, durante a solenidade, sendo que logo depois foi transferido para outra comarca no interior de São Paulo.

Camargo nasceu em Campinas. SP, e formou-se em direito pela Pontifícia Universidade Católica (PUC), em 1996. Após anos de muita dedicação e estudo, foi aprovado em concurso público e ingressou na magistratura federal em 2002, pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região, São Paulo e Mato Grosso do Sul.

 

Da Redação

 

Versão Impressa

×

Nº 545 - 22 de maio de 2020

Jornal Impresso



Mais Lidas

    
  1. PSICOLOGIA AEMS: MAIS UM RECONHECIMENTO DO MEC
  2. Longe dos problemas na Coluna
  3. ‘Não desistiremos do Brasil’, diz viúva
  4. Rodada define semifinalistas do Sul-Mato-Grossense sub-19
  5. Juiz federal Fernão Pompêo de Camargo é destaque