24 de Março de 2019

(67) 3521-0808


Home
Meio Ambiente Cidade Política Geral Poesias Economia Acontecimentos Dr. Sérgio Luís Entretenimento Esporte
Fotos Vídeos Contato 103 Anos de Três Lagoas
×





09/11/2018

Prefeito discute novos projetos de saneamento com diretoria da Sanesul

Objetivo é ampliar o atendimento às vias que poderão receber pavimentação

O prefeito Angelo Guerreiro e o gerente regional Adilson Silva Bahia, reuniram-se nesta quinta-feira (08), em Campo Grande, com o diretor-presidente da Sanesul Luiz Carlos Rocha, e o diretor de Engenharia e Meio Ambiente da empresa, José Carlos Queiroz, para discutir projetos de saneamento em Três Lagoas. As ações que estão sendo desenvolvidas também foram tratadas na reunião e foi destacado que o padrão atual das obras da Sanesul é a implantação de rede dupla. Novos projetos começam a ser atendidos de imediato, outros deverão receber as obras em breve, como os Bairros São João e Santa Rita, além de outras frentes de trabalho que começam a ser estudadas pela Sanesul. Guerreiro, na oportunidade enfatizou as vantagens para ambas as partes de realizar as obras de drenagem antes, por exemplo, de obras de recapeamento e pavimentação asfáltica.

“Os custos para a Sanesul são menores e a não intervenção na pavimentação recém construído é vantajosa para o conforto dos munícipes e estética das vias”, disse Guerreiro.

Um dos projetos, também citado na reunião, beneficia o Bairro Vila Piloto que receberá investimentos para recapeamento e recuperação asfáltica de toda a região. Guerreiro e os diretores da Sanesul falaram também sobre iniciar estudos para investimentos de saneamento no distrito de Arapuá com a construção de rede de esgoto e estação de tratamento.  

Diretoria de Comunicação

 

Versão Impressa

×

Capa

Jornal Impresso



Mais Lidas

    
  1. PSICOLOGIA AEMS: MAIS UM RECONHECIMENTO DO MEC
  2. Longe dos problemas na Coluna
  3. ‘Não desistiremos do Brasil’, diz viúva
  4. Rodada define semifinalistas do Sul-Mato-Grossense sub-19
  5. Desmatamento na Amazônia já afeta o clima. Entrevista com Antonio Donato Nobre, INPE