12 de Agosto de 2020

(67) 3521-0808


Home
Meio Ambiente Cidade Política Geral Poesias Economia Dr. Sérgio Luís Entretenimento Esporte
Fotos Vídeos Contato 103 Anos de Três Lagoas
×





01/03/2019

Suzano vence Prêmio ECO da Amcham em categoria de Práticas de Sustentabilidade em Processos

Projeto eleito apresenta a mensuração de impactos das operações e dimensiona o valor que a empresa traz para a sociedade

Suzano recebeu o Prêmio ECO 2018 realizado pela Amcham – Câmara Americana de Comércio para o Brasil, na categoria Práticas de Sustentabilidade em Processos, por seu projeto de mensuração de impactos operacionais. O reconhecimento ao case Capital Natural: Valoração de Externalidades ocorreu em cerimônia realizada na última quinta-feira (21), em São Paulo.

O estudo teve início em 2017 com o objetivo de diagnosticar e quantificar a extensão dos impactos das operações florestais, industriais e de logística da Fibria, empresa que desde janeiro deste ano opera de forma integrada à Suzano. Ele foi realizado em duas etapas, sendo uma de diagnóstico e outra de valoração das externalidades.

A mensuração dessas externalidades expressa o valor que uma empresa oferece às pessoas, além de dimensionar a extensão dos processos na relação com a sociedade, com transparência para os diferentes públicos. A iniciativa proporciona, ainda, a coleta de informações que ajudam a companhia a priorizar investimentos, a fim de ampliar as externalidades positivas e/ou reduzir as negativas.

“Esse é um importante reconhecimento do consistente trabalho que desenvolvemos diariamente em nossas Unidades. A Sustentabilidade é um conceito transversal que permeia todos os processos da Suzano. Receber esse prêmio nos estimula a continuar evoluindo com as práticas adotadas”, afirma Malu Pinto e Paiva, Diretora Executiva de Sustentabilidade da Suzano.

Essa edição do ECO Amcham, que foi criado em 1982, teve como foco a Inclusão e a Diversidade em Sustentabilidade, além de projetos de ecoeficiência e inovação. O prêmio, que já está em sua 36ª edição, é o mais tradicional selo de sustentabilidade empresarial do Brasil e reconhece as principais práticas empresariais e tendências inovadoras desenvolvidas em prol da Sustentabilidade. Nesse período, mais de 363 cases já foram reconhecidos pelas práticas adotadas pelas empresas.

Sobre a Suzano

A Suzano, empresa resultante da fusão entre a Suzano Papel e Celulose e a Fibria, tem o compromisso de ser referência global no uso sustentável de recursos naturais. Líder mundial na fabricação de celulose de eucalipto e uma das maiores fabricantes de papéis da América Latina, a companhia exporta para mais de 80 países e, a partir de seus produtos, está presente na vida de mais de 2 bilhões de pessoas. Com operações de dez fábricas, além da joint operation Veracel, possui capacidade instalada de 11 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano. A Suzano tem aproximadamente 37 mil colaboradores diretos e indiretos e investe há mais de 90 anos em soluções inovadoras a partir do plantio de eucalipto, as quais permitam a substituição de matérias-primas de origem fóssil por fontes de origem renovável. A companhia possui os mais elevados níveis de Governança Corporativa da B3, no Brasil, e da New York Stock Exchange (NYSE), nos Estados Unidos, mercados onde suas ações são negociadas.

Performa Comunicação

 

Versão Impressa

×

Nº 545 - 22 de maio de 2020

Jornal Impresso



Mais Lidas

    
  1. PSICOLOGIA AEMS: MAIS UM RECONHECIMENTO DO MEC
  2. Longe dos problemas na Coluna
  3. ‘Não desistiremos do Brasil’, diz viúva
  4. Rodada define semifinalistas do Sul-Mato-Grossense sub-19
  5. Juiz federal Fernão Pompêo de Camargo é destaque